É que sou ariano com ascendente em virgem

Sou uma pessoa difícil. Meus melhores amigos sempre foram uma xícara de café quente e um copo de cerveja gelada. Gostos extremos e opostos que refletem também um pouco de mim. Acontece que sou ariano com ascendente em virgem, não sei bem o que isso significa, mas parece afastar as pessoas.

Anúncios

Labirinto de saídas

Ela é uma espécie de labirinto às avessas e todos os caminhos levam à saída da sua vida. E por mais que eu me esforce pra me perder e ficar preso nele por anos, há um sistema de autodefesa, algo meio-sem-querer-feito-de-propósito, que não me deixa permanecer e tá sempre me mostrando como ir embora. Sabe, né!? São resquícios imunológicos herdados de outros que por lá passaram, ou até meus.

Exageros

Quando estávamos juntos nos dávamos bem, dificilmente brigávamos, mas morávamos distantes e a distância, quando se é adolescente, por mais curta que seja, se transforma em quilômetros. Os dias sem ser ver parecem anos, décadas e séculos. É a fase do exagero. A fase dos extremos: ou se está triste demais ou feliz demais. O amor se torna infinito, mas se o relacionamento termina, a pessoa acha que perdeu um órgão vital. Fica difícil viver, fica difícil respirar.

Sintomas de paixão

Ela está diferente.
Não parece,
ninguém nota
e nem percebe.

Fisicamente está igual.
O corte de cabelo não mudou,
a cor também não,
o aparelho ainda tem
e há meses a mesma cor permanecia:
Verde piscina.

As roupas,
as de praxe,
no mesmo estilo habitual;
combinando entre si,
ou com o salto,
com a bolsa
ou outro acessório.

O batom,
nas mesmas cores costumeiras,
sem perder a extravagância.

Os sorrisos,
antes escassos,
espontâneos,
agora saem fácil.

Os olhos,
castanhos-claros-esverdeados,
estão diferentes e denunciam:
A felicidade de estar apaixonada.