A gente sempre ama quem vai

Eu disse “Desculpa! Eu te amo.” Depois me afastei. Virei às costas. Fui embora. É estranho, eu disse te amo e me afastei. Ela não disse nada e permanecia no lugar. Eu achei que quem ama não fosse embora. Me questionei. Eu fui embora tendo o que dizer, ela ficou sem nada falar. Eu a odiei por ficar e não dizer nada. Talvez porque quem vai, volta. E quem fica não pode voltar, apenas ir embora. Talvez seja por isso que a gente sempre ama quem vai e odeia quem fica.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s