Os mesmos olhos castanhos que Renato Russo viu

Sempre fui apaixonado por olhos castanhos, e aqueles dois eram um par grandes e belos olhos castanhos. Mas não qualquer tipo de castanho, são desses que mudam de tom: hora estão claros, em outra estão escuros. São olhos de camaleão, que se adaptam ao tempo ou humor. Um olhar que diz muito com uma pequena expressão. Expressivos à lá James Dean. Ao mesmo tempo em que são fortes são melancólicos. São olhos selvagens. “Veja o sol dessa manhã tão cinza, a tempestade que chega é da cor dos teus olhos castanhos”, será que foram os mesmos que Renato Russo viu? E eu que tenho uma queda por olhos castanhos, digo até que não tenho imunidade contra um belo par de olhos assim, fui justamente encontrar um desses.

Anúncios

Olhos castanhos

Sempre fui apaixonado por olhos castanhos, embora muitas pessoas os veem como olhos comuns, mas nunca fui parecido com a maioria das pessoas. É que olhos claros nunca me conquistaram, não iguais os castanhos, não que os olhos claros não sejam bonitos, são, mas é de uma beleza tão convencional que não me chamam a atenção. Já os castanhos… ah, os castanhos! Esses sempre me atraíram, e me atraíram pela diversidade de seus tons. Há os castanhos claros, que vez ou outra, ganham um tom escuro, ou os escuros, que vez ou outro ganham um tom claro. São olhos inquietos, mesmo sem nenhuma expressão no olhar. São fortes! Fortes como uma tempestade de areia, seja a força dela começando ou terminando, depende do tom.

Não é justo

Não é justo você entrar e sair da minha vida a hora que quer. Você sabe o que sinto por você e abusa disso. Some por dias, semanas, meses e depois volta com esses grandes olhos castanhos, como se nada tivesse acontecido, como se tivesse se ausentado apenas por cinco minutos e começa a organizar e desorganizar o-que-quer-que-seja. E eu não sei o porquê te dou passe livre pra minha vida. Deve ser por culpa desse teu grande par de olhos castanhos, que sempre me diz mentiras tão sinceras com esse olhar, sem nada precisar falar, que eu não consigo duvidar.

Olhos hipnotizantes

Esqueça o que ele fala; ele ama palavras e até as usa de maneira errada. Concentre-se nos olhos dele, naquele olhar inquieto. Nada nele é tão explícito e honesto quanto os seus olhos.  Mas não deixe aqueles olhos te encarar, é um conselho que te dou. Aqueles olhos são hipnotizantes. Quando ele te encara, você nota toda a sua inquietude, mesmo com os olhos estáticos. Demonstram toda sua intensidade quando brilham que parecem queimar. Então, você começa a se aprofundar naquele olhar e perceber que não são apenas castanhos, há um tom castanho-claro-esverdeados seguido de um castanho-escuro. E aquele olhar começa a te deixar perplexa, atordoada e encantada. Neles você nota a beleza que têm olhos castanhos. Eu te disse pra não encara-lo.